Entenda por quê transformar seu resíduo orgânico em adubo natural com o Bem Composto, o Programa de Recolhimento e Compostagem do M.A.S.S.AL.A.S.

O Bem Composto é o Programa de Recolhimento e Compostagem do M.A.S.S.AL.A.S.: um serviço que nos permite assumir a responsabilidade pelos resíduos produzidos no dia-a-dia. Essa escolha nasce de uma guinada regenerativa contra o atual modelo público de gestão de resíduos. Agora, que modelo é esse e por que desapoiá-lo?

Segundo dados do IPEA, mais de 50% dos resíduos que produzimos diariamente é orgânico. A gestão inteligente desses resíduos é lei no Brasil desde 2010, quando nossa Política Nacional de Resíduos Sólidos foi lançada. Mas essa não é nossa realidade. E é por isso que nós, do Bem Composto, estamos aqui. 

Pergunte à sua Atenção o que ela sente ao encarar os resíduos que você produz e multiplicá-los pelos outros seres humanos que nos partilham o planeta. Permita que sua Reflexão avalie o serviço público de coleta e o destino dos resíduos em seu município. Sim. É este desconforto, tratado com consciência e boa informação, que nos move. 

Elencamos oito crenças que unem a teia comunitária do Bem Composto, o Programa de Recolhimento e Compostagem do M.A.S.S.AL.A.S,. na confiança de que elas também vibrem em você <3 

1. Autorresponsabilizar-me por meus resíduos é um ato político que gera Saúde

Ao descartar papel, vidro, metal, plástico, eletrônicos e resíduos orgânicos misturados em um mesmo saco, eu contribuo com uma triste situação: um caminhão compactador passando de porta em porta, emitindo quilos de gases estufa, barulho e odor desagradáveis, para recolher resíduos embalados por sacolas plásticas. 

O manejo incorreto de meus resíduos transforma-os em lixo e inutiliza-os ao empilhá-los em aterros e lixões. Eis um sistema de degradação multidimensional, que prejudica ambiental, social, financeira e culturalmente a Teia de Vida que me enreda. Tratar o meu resíduo como lixo cria um ambiente compatível com vetores de doença, degradação da Natureza e condições insalubres de trabalho. 

O Bem Composto me diz que é possível reintroduzir estes resíduos ao ciclo produtivo de Vida e Bem-estar através da Compostagem. Ao escolher transformar meu resíduo em adubo, eu evito a contaminação do ambiente e reduzo gastos públicos com um modelo perigoso e ineficiente de gestão de resíduos sólidos.

2. Meus resíduos são transformados em adubo natural com higiene e praticidade

No Bem Composto, o hábito de separar o seu resíduo é prático e higiênico.

Ao me cadastrar, eu recebo um balde com boa vedação que impede o mau cheiro. Basta colocar os resíduos orgânicos neste balde e mantê-lo sempre fechado. Não preciso de sacola plástica!

Quando completo meu balde, eu o levo até o Ponto de Coleta escolhido em meu cadastro e realizo a troca por outro balde higienizado. Agora, se optei pelo recolhimento domiciliar ou empresarial, basta aguardar o dia combinado para que a troca seja feita.

Veja aqui o que pode ser colocado dentro do nosso baldinho de compostagem 🙂

3. Compostar me permite observar a saúde alimentar de minha casa, empresa ou evento

Nossa saúde depende de nossos hábitos alimentares. A oportunidade de separar e observar meus resíduos orgânicos me conta sobre a qualidade nutricional de minha alimentação.

Observo: o resíduo orgânico colocado no baldinho do Bem Composto está colorido? Há variedade? Estou desembalando ou descascando mais os meus alimentos?

4. Produzir adubo natural incentiva o cultivo e o consumo de

alimentos agroecológicos

Compostar é substituir a geração de lixo pela geração de um adubo natural rico em nutrientes capazes de fertilizar o solo. Deste solo, brotam cultivos livres de agrotóxico que me servirão de alimento. 

Assim, ao compostar meus resíduos, eu energizo uma cadeia circular de plantio, nutrição e consumo: o resíduo volta para enriquecer a terra e se incorpora em alimentos que, futuramente, retornarão ao solo para serem compostados. 

Lamentavelmente, o Brasil é o país que mais gasta com agrotóxicos no mundo. Mas nosso adubo serve à Agricultura Livre de Venenos. E nós servimos a uma mudança sociocultural que semeia relações regenerativas entre o tempo, o espaço, os seres viventes e as suas criações. Entendemos que a Compostagem é uma fonte de vida.

Saiba mais sobre pesticidas e herbicidas no minucioso Atlas do Uso de Agrotóxicos no Brasil, elaborado por Larissa Bombardi pela USP (2017/2019).

5. Pratico o Consumo Consciente e valorizo o Comércio Local

O Bem Composto possibilita que eu pratique uma economia circular e próspera ao invés de um padrão econômico linear. Para potencializar a rede a favor de vidas sustentáveis e regenerativas, desenvolvemos a Moeda Social Massalas.

Ao confiar a compostagem do resíduo orgânico de minha casa, condomínio, empresa ou evento ao Bem Composto, eu recebo créditos mensais da Moeda Massalas e posso trocá-los por produtos e serviços com parceiros locais que nutrem valores como os meus. 

6. Educo com meu exemplo

Ao dizer SIM ao Bem Composto, eu coloco meus valores em ação e incentivo pessoas ao meu redor a refletir sobre a relação diária delas com o resíduo, a água, o ar e as relações socioambientais dentro de Belo Horizonte e região. 

Como pessoa cidadã, eu pago o imposto obrigatório pelo Serviço de Coleta Pública em minha cidade. Mas eu discordo da realidade que esse serviço constrói. Desviar meu resíduo orgânico do aterro local e confiá-lo ao Bem Composto é como dizer: “assim é ineficaz, por isso eu opto por outra forma de gestão de meus resíduos”. 

7. Sinto-me parte de uma comunidade socialmente engajada

O Bem Composto é apenas um dos quatro projetos ancorados pelo M.A.S.S.AL.A.S., uma rede de apoio próspera pela valorização de processos cíclicos e naturais e relações sociais integradas ao meio ambiente. 

Experimento e deixo-me levar por este movimento…. Sentir-me parte engajada de uma comunidade orientada por um propósito real e salutogênico me presenteia com sentido e propósito. Há muito a ser feito pela regeneração do planeta: começo sendo a mudança que almejo e uno-me a quem também acredita que juntos vamos mais longe.

A comunidade é o espírito, a luz-guia da tribo; é onde as pessoas se reúnem para realizar um objetivo específico, para ajudar os outros a realizarem seu propósito e para cuidarem umas das outras. (…) A comunidade é uma base na qual as pessoas vão compartilhar seus dons e recebem as dádivas dos outros.”

 Sobonfu Somé, em “O Espírito da Intimidade – Ensinamentos Ancestrais Africanos Sobre Maneiras De Se Relacionar” 

8, Encontro planos diversificados, com preço justo e flexível, e contribuo para a geração de empregos verdes locais

Ao abraçar o Bem Composto, eu confio minha energia financeira a um projeto de propósito nobre e patrocino o pagamento justo de trabalhadoras e trabalhadores engajados na regeneração e na re-educação ambiental. 

Na hora de escolher o plano ideal para o que me é possível e necessário, há opções: 

  • posso levar meu balde do Bem Composto até algum dos pontos de coleta parceiros;
  • posso escolher pelo plano de recolhimento domiciliar semanal ou quinzenal; 
  • posso optar por planos especiais para empresas, condomínios e eventos.

Consulte nossos Planos de Coleta e Compostagem ou nos solicite orçamento para sua empresa, condomínio e evento. Faça contato pelo site, pelo email bemcomposto@massalas.com.br, pelo Instagram Massalas Projetos ou pelo nosso WhastApp.

One Response to “8 motivos para participar do Bem Composto”

  1. OLá boa noite. Hoje, passando no Buritis, entrei numa papelaria, e aós ser atendido, peguei o jornal no balcão.
    Lí atentaemtne e nesta materia, achei interessante. Meio ambiente mexe comigo.
    Parabéns a voces, pela iniciativa.
    Estou em Contagem, quando voltar ao bairro, no proximo mês, farei contato.
    Um abraço a toda equipe.
    Setimo Ferreira

    Responder

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.